5 erros que você não pode cometer ao criar um logo

Um designer de logotipos precisa saber que não importa quantos logos incríveis ele já criou; ele ainda é um ser humano e isso significa que pelo menos uma vez na vida, ele/ela deve ter cometido um erro. Essa lista de 5 erros comuns pode te ajudar a evitar eles no futuro.

A grande maioria dos erros podem ser corrigidos. Mas como é possível “corrigir” um logotipo errado? Infelizmente existem alguns campos de atividade onde os erros são impossíveis de corrigir e, acredite ou não, projeto de logotipo é um deles.

Um logotipo é parte de uma estratégia de branding, o que significa que as pessoas vão fazer um julgamento simples: um mal logotipo representa uma má entidade! Ou seja, um logotipo mal projetado é uma “boa solução” para ir à falência.

Por outro lado, designers de logo são colocados sob pressão, também conhecido como “o melhor contexto para cometer erros“. É um círculo vicioso e é necessário ter sangue frio para conseguir escapar dele. Geralmente, os designers menos experientes cometem a maioria dos erros, mas não é impossível conceber que até os mais experientes possam criar logos pobres. Mas como evitar isto?

No mundo do design gráfico, existem dois tipos de logos ruins:

Logotipos irremediáveis — são aqueles logos extremamente ruins ou que contenham palavras com grafia errada, combinações de cores impossíveis ou fonte do tipo Comic Sans.

Logos pobres — São os logos que têm um pequeno erro. Geralmente apenas designers notam esses detalhes, enquanto os mesmos passam despercebidos pelos clientes.

A verdade é que não há nenhuma maneira 100% efetiva na qual você pode ter certeza absoluta que seu logo está perfeito, mas existem soluções para ter um bom feedback sobre o seu projeto.

Entre as soluções para evitar o mal logotipo, é passá-lo por uma lista de verificação antes de enviar ao cliente. Essa lista de verificação deve responder a algumas perguntas padrões (funciona em tamanho pequeno? Funciona se impresso em P&B? etc).

Verificar seu logo antes de enviar ao cliente pode resultar em um investimento maior de tempo no desenvolvimento, mas isto diminui as chances de gastar mais tempo no futuro com alterações desnecessárias.

Se você não tem uma lista de verificação, não se preocupe. Coletamos aqui os erros mais comuns de um designer de logotipos que podem representar os fundamentos da sua lista de verificação.

 

Erro #1: Fazer logos “inflexíveis”

O designer de logos deve respeitar seus clientes. No geral, o profissional deve ter a coragem de explicar aos seus clientes quando um de seus requisitos não respeita as regras de um bom design. Muitos clientes consideram que o logotipo é necessário apenas para o seu site e nada mais e, infelizmente, existem alguns designers de logo que acreditam nisso também.

Um dos erros mais comuns de um designer de logos é criar logos que não são escaláveis. É inútil mencionar que o Adobe Photoshop é um ótimo software, mas ele tem suas limitações. O trabalho com vetores é uma de suas grandes desvantagens e portanto, Photoshop não é a melhor solução para o design de logotipos.

Uma boa alternativa é o Adobe Illustrator, software preferido entre os designers por trabalhar com imagens em vetor (possibilitando a escalabilidade do logo).

O logotipo é parte de uma estratégia de marca e, mais cedo ou mais tarde, ele será usado na impressão. Cartões de visita, flyers, banners são apenas alguns poucos itens que requerem uma versão impressa de um logotipo. Um logotipo não escalável não vai ficar bom o bastante tanto em um cartão de empresa de pequeno porte ou em um enorme outdoor.

Crie logotipos que podem ser usados em todos os lugares!

 

Erro #2: Ignorar o contexto

Um logotipo não é um item a parte que deve servir perfeitamente no ambiente onde ele é colocado. Outro erro comum de um designer de logos é negligenciar os outros elementos da marca, tais como o site, o trabalho de cultura, a identidade visual etc.

A pesquisa é obrigatória — desta maneira você descobre o contexto no qual o logo será inserido. Um logotipo que coincide com o estilo do dono é muito melhor do que uma entidade independente!

 

Erro #3: Projetando para si mesmo

Todo designer de logo é muito subjetivo! Para ser mais preciso, cada logotipo é muito subjetivo e seu valor pode variar dependendo de cada perspectiva.

Qualquer designer de logo deve estar ciente de que suas preferências devem ser ignorados caso entre em confronto com a do cliente. Ainda assim, um bom logótipo não deve ser apreciada pelo criador e nem mesmo pelo cliente: o valor de um logótipo é dada pela valorização dos telespectadores.

Para criar um logotipo competitivo é importante determinar o alvo principal e identificar suas preferências. Qualquer outra abordagem não é aplicável e eu considero que não se deve testar a validade deste conceito em sua atividade!

 

Erro #4 : Roubando formas e não ideias

Nenhum designer quer copiar o trabalho de outro, mas às vezes pode acontecer. É um erro amador, mas ele existe e você não deve cometê-lo!

Obter inspiração é um assunto muito importante e todos devem “reabastecer” o nível de criatividade; um dos métodos mais eficientes é estudar o trabalho de outros designers. Por causa disto, pode acontecer de alguns designers copiarem logos (mesmo sem querer). O problema é o seguinte: enquanto os designers de logo sábios roubam ideias, os medíocres roubar formas ou fontes.

Você nunca deve tentar imitar itens digitais, apenas roubar conceitos. Quando estudando os logos, não anote formas ou letras , é só pegar a ideia e adaptá-la!

 

Erro #5: Ignorando passos obrigatórios na concepção de um logo

Cada designer tem seu próprio processo de criação, e um processo é vital para que alguns erros sejam evitados. Incorporando alguns itens de verificação durante o processo de desenvolvimento diminui as chances de alterações após a conclusão do projeto e tornando o processo de criação mais eficaz. Finalmente, é mais fácil prever o estabelecimento de prazos e a finalização de um projeto.

No final, espero que estas dicas te salvem de cometer erros grandes. Vai ser ótimo ter a sua opinião sobre os maiores erros de um designer de logos. Qual foi o maior erro que você já cometeu? Comente!

Fonte. Traduzido e adaptado por Canha.

Curiosidades